De acordo com o anúncio serão priorizados os adolescentes com comorbidades. Entenda como será.

Foto: Ministério da Saúde

O Ministro da Saúde Marcelo Queiroga anunciou ontem, 27, a inclusão dos adolescentes de 12 a 17 anos no Plano Nacional de Vacinação contra o coronavírus, com prioridade para quem tem comorbidades.

“A imunização desse público ocorrerá assim que concluída a distribuição de vacinas suficientes para aplicar, pelo menos, a primeira dose em toda a população adulta vacinável”, informou o Ministério da Saúde.

A decisão foi acordada pelo Ministério da Saúde, juntamente com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). Primeiro serão imunizados os adolescentes com comorbidades.

A expectativa de Marcelo Queiroga é que a população adulta seja vacinada até o mês de setembro.

“Em função da chegada de imunizantes e da eficiência na aplicação de vacinas, a nossa expectativa é vacinar toda a população maior de idade até setembro. Depois disso, vamos trabalhar com a vacinação de menores adolescentes e estudar a redução do intervalo entre doses”, explicou o Ministro.