Mulher apontada como chefe de grupo criminoso que atuava no Baixo São Francisco é presa em Alagoas

A prisão foi realizada por policiais civis da Delegacia de Propriá, com o apoio da PRF e PM de Alagoas.

Adriana Donário da Silva, conhecida como “Galega”, apontada como a chefe de um grupo criminoso responsável por tráfico de drogas, homicídios e prostituição na região do Baixo São Francisco foi presa ontem, 02, em São Miguel dos Campos (AL).

A prisão foi realizada por policiais da Delegacia Regional de Propriá, com o auxílio de agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar, ambas do estado alagoano.

Conforme as investigações comandadas pelos delegados Ruidiney Nunes e Fábio Alan Pimentel, o grupo criminoso comandado por Galega atuava em Propriá, Malhada dos Bois, Moita Bonita, Aquidabã, Itabaianinha, dentre outros municípios.

Adriana foi presa e está à disposição da Justiça.