Ginasta Rebeca Andrade vai representar o Brasil na cerimônia de encerramento das Olimpíadas de Tóquio

Ela conquistou duas medalhas, uma de ouro e outra de prata e deixou o seu nome marcado nos jogos.

Foto: redes sociais

Em meio a tantos atletas brasileiros que brilharam até agora nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 está a ginasta Rebeca Andrade, que aos 22 anos conquistou duas medalhas, uma de ouro e a outra de prata. Ela foi escolhida pelo Comitê Olímpico do Brasil para representar o país na cerimônia de encerramento dos jogos.

O evento ocorrerá no domingo, 08 de agosto, às 08h (horário de Brasília), e Rebeca levará a bandeira do Brasil, representando todos os atletas, bem como a garra do povo brasileiro.

“Com uma participação inesquecível, se tornando a primeira atleta mulher brasileira a conquistar duas medalhas numa mesma edição de Jogos e sendo responsável por vencer às duas primeiras medalhas da história na Ginástica Artística feminina, ela terá a oportunidade de fechar esse ciclo de forma única: representar toda delegação do Brasil, que brilhou em terras nipônicas”, anunciou o Comitê.

Rebeca ganhou a medalha de prata no individual geral e a de ouro, no salto. Natural de Guarulhos (SP), ela é atleta do Flamengo.

BRASIL NAS OLIMPÍADAS:

Até agora, o país conquistou 15 medalhas: quatro de ouro, três de prata e oito de bronze.

OURO: Ítalo Ferreira (surfe), Rebeca Andrade (salto na ginástica), Martine Grael e Kahena Kunze, juntas (Vela) e Ana Marcela (maratonas aquáticas).

PRATA: duas no Skate Street, com Kelvin Hoefler e Rayssa Leal e uma com Rebeca Andrade (individual na ginástica).

BRONZE: Daniel Cargnin e Mayra Aguiar (judô), Fernando Scheffer e Bruno Fratus (natação), Laura Pigossi e Luisa Stefani, juntas (tênis), Alisson dos Santos (atletismo), Abner Teixeira (boxe) e Thiago Braz (salto com vara).