“Eu gostaria muito de disputar o Senado com Valdevan e André. Seria uma ‘briga’ interessante”, afirma Danielle Garcia

No Itnet Notícias, ela falou sobre os seus planos para 2022 e o que enfrentou enquanto esteve no Deotap.

A delegada Danielle Garcia (PODEMOS) foi a entrevistada de ontem, 04, no programa Itnet Notícias, apresentado por Luiz Carlos Focca, na TV Itnet. Ela falou sobre tudo: seu trabalho, a saída do Cidadania, os planos na política.

Danielle deixou claro que vai disputar algum cargo na eleição do ano que vem, e ainda afirmou o seguinte: “Eu gostaria muito de disputar o Senado com Valdevan e André. Seria uma briga interessante”. Com essa frase, Danielle mostrou que é determinada e gosta de desafios.

Ela ainda completou dizendo que tem muita vontade de testar o seu nome com algumas figuras políticas, no caso, André Moura e Valdevan Noventa, que são dois nomes bastante cotados [e fortes] para a disputa do Senado no ano que vem.

Então, provavelmente, Danielle também entre nessa disputa, que ainda tem outros possíveis nomes, como Eduardo Amorim, e Washington Coração Valente, que já demonstraram o mesmo desejo.

Resumindo, a eleição para o Senado promete “pegar fogo” literalmente em 2022, e apenas um será eleito.

Delegada há 20 anos, Danielle ganhou destaque e mostrou o seu pulso firme ao comandar grandes investigações feitas pelo Deotap, contra a corrupção no estado.

Ela falou na entrevista sobre toda a pressão que enfrentou quando esteve no cargo e como é difícil comandar ações contra corruptos sergipanos, principalmente quando a polícia quer fazer um trabalho sério e às vezes, quem está no poder quer “barrar”.

Na política, Danielle se lançou no ano passado, quando disputou a Prefeitura de Aracaju, e foi derrotada no segundo turno por Edvaldo Nogueira. Desde então, o seu nome continua em evidência.

ASSISTA A UM TRECHO DA ENTREVISTA:

Para conferir a entrevista na íntegra, acesse este link.