Menor investigado por ato infracional similar a homicídio teria trocado celular e corrente em arma para cometer crime

Conforme investigações, o adolescente suspeito da prática criminosa teria tido uma desavença com a vítima.

Na manhã desta quarta-feira, 11, um adolescente investigado por ato infracional similar a homicídio qualificado foi apreendido por policiais da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), em Aracaju.

Conforme as investigações, o menor teria trocado o celular e uma corrente de prata numa arma de fogo, para cometer crime, após uma desavença com a vítima. O homicídio ocorreu no Bairro Japãozinho.

Ainda conforme as investigações, ele fez uso de maconha, antes da prática criminosa. “Na oportunidade, ele disparou três vezes contra a vítima, que não teve possibilidade de defesa e acabou morrendo”, explicou Valter Simas, delegado do Depca.

Após a apreensão, o adolescente foi encaminhado a uma unidade socioeducativa e está à disposição da Justiça.