PC e PM deflagram operação de combate ao tráfico de drogas em Lagarto e mais três cidades

A Operação Equilíbrio é coordenada pelo Denarc da Delegacia Regional de Lagarto.

Foto: SSP/SE

As polícias civil e militar deflagraram na manhã desta terça-feira, 24, a Operação Equilíbrio, que visa o combate a crimes relacionados ao tráfico de drogas em Lagarto, Riachão do Dantas, Pedrinhas e Boquim. Três suspeitos foram presos pelas forças policiais.

Os três presos, sendo dois em Riachão do Dantas e um em Boquim são suspeitos de integrarem um grupo criminoso responsável pela distribuição e comércio de drogas na região Centro-sul de Sergipe.

“Segundo o delegado Alisson Lial, as investigações foram iniciadas através de um inquérito policial na cidade de Riachão do Dantas e avançou, posteriormente, para outras cidades. As investigações serão mantidas a fim de identificar outras pessoas envolvidas com a associação criminosa”, informou a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE), em nota.

Foram presos em Riachão, Brendo Lourenço Ribeiro e Jhon Alef, suspeitos de tráfico de drogas e em Boquim, Adriano “Mototaxista”, suspeito de atuar fazendo a entrega de materiais ilícitos em Riachão do Dantas. Ele já responde pelo crime de tráfico de drogas.

A operação foi coordenada pelo Departamento de Narcóticos (Denarc) da Delegacia Regional de Lagarto e contou com a participação de equipes da PC e PM do interior e o reforço do Grupamento Tático Aéreo (GTA).

Segundo a SSP, o nome da operação faz referência ao símbolo do Yin Yang, “um princípio da filosofia chinesa, onde yin e yang são duas energias opostas, representando o bem e o mal. Três dos investigados possuem este símbolo tatuado em seus corpos. Yin significa escuridão sendo representado pelo lado pintado de preto, e yang é a claridade”.