Itabaiana conhecerá neste sábado, 28, os vencedores do 1º Festival Itabaianense da Canção

Ainda dá tempo de votar na sua música preferida!

Chegou o grande dia!

Hoje, 28, finalmente conheceremos os ganhadores do 1º Festival Itabaianense da Canção (FIC), que tem como objetivo dar visibilidade aos jovens e adultos do meio artístico de todo estado e incentivar a arte.

A final do FIC ocorrerá no estacionamento do Shopping Peixoto, a partir das 19h. Os intérpretes das 17 músicas finalistas se apresentarão. Por conta da pandemia, o evento será transmitido pelas redes sociais do Governo de Itabaiana.

E você pode escolher a melhor canção na sua opinião, pois uma das categorias de premiação é a VOTAÇÃO POPULAR. Para ouvir as músicas e votar é só acessar o site do Governo de Itabaiana, neste link. O ganhador desta votação será premiado com R$ 2 mil.

Também haverá as premiações nas seguintes categorias:

-Categoria Municipal:

1º lugar: R$ 5 mil;

2º lugar: R$ 3 mil;

3º lugar: R$ 2 mil.

-Categoria Estadual – 1º lugar (premiação única): R$ 5 mil.

-Melhor intérprete: R$ 3 mil.

O FIC é um projeto do Governo de Itabaiana, através da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer.

Para a seleção das 17 músicas, os jurados levaram em conta os seguintes critérios: Letra, Interpretação, Afinação, Arranjo e Ritmo.

VEJA ABAIXO AS MÚSICAS SELECIONADAS:

Categoria Municipal:

– “A Mãe tá On” (Gicélia Barbosa de Oliveira);

-“Viver e Amar” (Laryssa Emannuelle Santos Campos);

-“Menino” (João Paulo Menezes da Silva);

-“Saga da paixão” (Ivanilson Araújo de Santana);

-“Sou mais forró” (Anderson da Silva Almeida e Márcio Rodrigo Graça);

-“Estranheza”(José Roberto Lima Santos);

-“Semente” (Danilo de Santana Moura).

Categoria Estadual:

-“Coisa Linda” (Renilson Barbosa da Silva Santos – Aracaju);

-“Um salve a Luis” (Adson Tiago de Almeida Santos – Aracaju);

-“Inocente Infância” (Ana Carla Costa – Nª Srª do Socorro);

-“Nada doce” (Rebeca de Melo Santos – Aracaju);

-“Minha tradição” (Érica Feitosa Barbosa – São Cristóvão);

-“Fica tudo bem”(Fábio Rogério dos Santos Ribeiro – Aracaju);

-“Sou feliz vaqueiro” (Reinaldo Santos Passos – Frei Paulo);

-“Provérbio” (George dos Santos Menezes Fontes – Lagarto);

-“Barco a vela” (Bruno Ricardo Alves Santos – Aracaju);

-“Itabaiana eu amo você” (Adenilson Ferreira dos Santos – São Domingos).