“Não sobe no palanque comigo em Itabaiana”, afirma Luciano sobre possibilidade de Valmir ser candidato da base governista

Em entrevista ao Jornal da Fan, o presidente da Alese rebateu uma fala de Zezinho Guimarães, que comentou que “Valmir é a cereja do bolo para 2022”.

O deputado estadual e presidente da Alese, Luciano Bispo foi o entrevistado de Narcizo Machado na manhã desta segunda-feira, 30, no Jornal da Fan FM. E o assunto Eleições 2022 foi o que mais movimentou a entrevista.

Luciano afirmou que existe sim a possibilidade de Valmir Francisquinho, ex-prefeito de Itabaiana ser candidato da base governista (grupo de Belivaldo Chagas, cujo Luciano também faz parte), mas deixou bem claro que se isso acontecer, “ele não sobe no palanque comigo em Itabaiana. Vai ter dois palanques”.

Segundo Luciano, tem espaço para Valmir no agrupamento governista, mas não para a Chapa Majoritária, já para ele (Luciano), há espaço na chapa maior. Para o ex-prefeito de Itabaiana, na base governista há espaço para deputado federal ou estadual. “Ele está caminhando para isso, junto com o filho”, disse Luciano.

O itabaianense ainda comentou uma fala do deputado estadual Zezinho Guimarães (PL), que durante entrevista no mesmo programa, na semana passada disse que “Valmir é a cereja do bolo para 2022, é um cara que está pronto para o que o povo quiser”.

“Se ele é a cereja, eu sou o bolo”, rebateu Luciano Bispo, deixando bem claro com essa afirmação, que ele terá muita influência nas decisões do seu agrupamento e nos rumos da caminhada eleitoral em 2022.