Ele estava preso em Salvador e após autorização da Justiça baiana foi recambiado para o estado onde o caso ocorreu.

Foto: SSP/SE

Na tarde desta quarta-feira, 06, Wellington de Carvalho Bispo chegou a Sergipe. Ele é o suspeito de atirar no delegado Marcelo Hercos no dia 21 de setembro e estava preso em Salvador (BA). Com a autorização da Justiça baiana, o homem foi recambiado para o estado onde ocorreu o crime.

A transferência de Wellington da Bahia para Sergipe ocorreu no helicóptero do Grupamento Tático Aéreo (GTA). Ele foi levado ao Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), em Aracaju, onde será ouvido mais uma vez.

O suspeito ainda não tinha sido transferido por conta de uma condenação que cumpria no estado, referente a um processo anterior a este caso.

“Tivemos que pedir à Justiça da Bahia para que ele fosse recambiado para Sergipe. Isso porque entendemos que é imprescindível a presença dele para ajudar a dirimir situações que ainda pendem na investigação, apesar do inquérito ter sido enviado à Justiça. É necessário que ele esteja em Sergipe”, detalhou o delegado Hilton Duarte, diretor do Cope.

Ainda segundo o delegado, em Sergipe, Wellington auxiliará o trabalho policial, para que tudo seja esclarecido. Ele permanecerá no estado enquanto durar a decisão judicial, mas poderá voltar para a prisão na Bahia.

“O prazo é da preventiva. Se porventura houver alguma decisão em contrário ele voltará para a Bahia, pois tem pena mais alta sendo cumprida lá. Temos várias perícias que estão sendo feitas e estamos aguardando laudos. Também, por isso, é necessário que ele esteja aqui para confrontarmos com o resultado dos laudos”, completou o diretor do Cope.

RELEMBRE O CASO ACESSANDO ESTE LINK.