Na última semana, circulou a notícia de que o João Hora de Oliveira, estádio do Sergipe, iria para leilão. Após os dias de apreensão por parte da torcida, a diretoria e o departamento jurídico do clube resolveram a situação.

O juiz Fábio Cordeiro de Lima, da 4ª Vara Federal de Sergipe, atendeu o pedido da instituição e suspendeu o leilão do Mundão do Siqueira Campos. Leilão este que, caso fosse adiante, aconteceria no próximo dia 19, dois dias depois do aniversário do vermelhinho.

Avaliado em R$ 51,5 milhões, o estádio serviu como espaço para o Hospital de Campanha de Aracaju durante a pandemia. Casa do Mais Querido e local de muitas histórias, o João Hora foi à leilão por conta de dívidas previdenciárias. Apesar de estarem sendo negociadas, elas já possuem quase 30 anos de acúmulo.

Confira o comunicado oficial do clube:

“O Club Sportivo Sergipe informa que na manhã desta quarta-feira, 13, foi deferido pelo juiz da 4ª Vara Federal de Sergipe o pedido de suspensão do leilão do estádio João Hora de Oliveira.

O juiz verificou que foram tomadas medidas administrativas por parte da diretoria do Sergipe, não havendo motivo para permanência do estádio João Hora no referido leilão.”

Atenciosamente,
A diretoria
Club Sportivo Sergipe

Foto: Jadilson Simões