Pelo segundo ano consecutivo, a Peregrinação de Divina Pastora, agendada para os dias 16 e 17 de outubro, será vivenciada sem a expressiva participação de fiéis e devotos.

Neste 14 de outubro, a comunidade católica celebra o dia de Nossa Senhora Divina Pastora, que em 2017 foi proclamada padroeira de Sergipe. Vale lembrar que o estado tem uma cidade que recebe o nome da santa.

Nossa Senhora Divina Pastora foi elevada à categoria de padroeira da Província Eclesiástica de Aracaju, composta pelas três dioceses de todo o território de Sergipe no ano de 2017, durante a peregrinação.

Pelo segundo ano consecutivo, a Peregrinação de Divina Pastora, agendada para os dias 16 e 17 de outubro, será vivenciada sem a expressiva participação de fiéis e devotos.

Por causa da pandemia, o santuário, situado na cidade que recebe o nome da padroeira, ainda não poderá acolher o habitual número de peregrinos, nessa que é uma das maiores manifestações religiosas do Brasil.

Confira neste link a programação festiva em honra à padroeira.

*Com informações da Arquidiocese de Aracaju