De acordo com as vítimas, o pai praticava o crime quando a mãe não estava em casa.

Na última quinta-feira, 14, policiais da Delegacia de Atendimento à Criança e Adolescente (Deacav) realizaram na Grande Aracaju, a prisão definitiva de um homem suspeito de estuprar as duas filhas.

As vítimas disseram que o pai praticava o crime quando a mãe não estava em casa, desde que elas eram crianças. Os atos perduraram também durante a adolescência das garotas.

“O fato só veio à tona recentemente, pois ambas contaram à mãe sobre os acontecimentos”, informou a Polícia Civil.

A prisão do homem foi comandada pelos delegados Ronaldo Marinho e Josefa Valéria e agora ele está à disposição da Justiça de Sergipe.