O caso já foi encaminhado à Polícia Civil pela própria diretoria do clube, que tomou conhecimento e chegou a seis atletas.

Jogadores do Club Sportivo Sergipe estão “na mira” de uma investigação da Polícia Civil, por suspeita de envolvimento num esquema de apostas durante jogos desta temporada.

O assunto veio à tona ontem, 15, e foi divulgado através do Globo Esporte de Sergipe.

O caso foi encaminhado à PC para investigação, pela própria diretoria do clube, que tomou conhecimento do esquema após a eliminação do Sergipe na Série D do Brasileirão, fez uma apuração interna e chegou a seis atletas, que não tiveram a identificação divulgada.

De acordo com o que foi divulgado pelo GE, o esquema funcionava da seguinte maneira: “os jogadores apostavam principalmente na quantidade de escanteios que haveria na partida. Eram apostas diretas ou para beneficiar terceiros, que pagavam para que fossem produzidos esses escanteios com o intuito de “a conta fechar” e o prêmio do apostador fosse garantido”.

O esquema ocorreu em vários jogos, inclusive na partida do Sergipe no Mendonção, em Itabaiana, contra o Cuiabá, pela Copa do Brasil.

“Alguns deles admitiram a participação nas apostas que envolviam os jogos da equipe. Vídeos aos quais a diretoria do clube teve acesso mostram uma quantidade considerável de escanteios, a princípio, evitáveis, que acabam passando despercebidos no calor do jogo”, diz o GE.

O material acima foi utilizado pelo Clube, para auxílio da investigação da Polícia Civil. Ainda não se sabe quanto os atletas lucraram com o esquema e esses detalhes também fazem parte do processo investigativo.

Será que com esse caso do Sergipe, outros semelhantes também aparecerão em outros times sergipanos? Vamos aguardar as novidades!