Ele estava internado desde o dia 21 de setembro, quando foi baleado durante uma abordagem a criminosos.

A Polícia Civil de Sergipe anunciou na manhã deste domingo, 17, o falecimento de Marcelo Hercos Lyrio, de 42 anos, delegado da PC sergipana desde 2006.

Ele estava internado desde o dia 21 de setembro, quando foi baleado durante uma abordagem a criminosos que passavam notas falsas, num posto de combustíveis na capital de sergipana.

Hercos foi socorrido em estado grave e levado ao Hospital de Urgência Governador João Alves Filho e após a sua situação melhorar, foi transferido para o Hospital São Lucas, onde faleceu na madrugada de hoje.

Em nota, a Polícia Civil, e a Secretaria de Segurança Pública (SSP/SE) lamentaram o falecimento do delegado e ressaltaram o deu comprometimento com a segurança dos sergipanos.

Em 15 anos, Hercos atuou em várias unidades do estado. Foi Delegado Regional de Itabaiana, também comandou as delegacias de Boquim, Pedrinhas, Porto da Folha, Japaratuba, Pirambu e a 9ª Delegacia Metropolitana, em Aracaju, onde estava lotado atualmente.

Marcelo Hercos também atuava em apoio a Delegacia de Proteção Animal e Meio Ambiente (Depama) nos municípios do interior de Sergipe.

“A partida do jovem e talentoso delegado deixa uma lacuna na Polícia Civil, mas que sua história de coragem, destemor e de grandes serviços prestados ao povo de Sergipe jamais serão esquecidos”, disse o Delegado-geral Thiago Leandro.

O corpo está sendo velado no Piaf, na Rua Laranjeiras. Por volta das 10h desta segunda-feira,18, serão realizadas homenagens policiais na Rua Porto da Folha e em seguida, um cortejo com o corpo sairá em direção à saída de Aracaju e posteriormente, parte do cortejo seguirá para Alagoinhas, na Bahia, onde ocorrerá a cremação do corpo, numa cerimônia mais restrita.