Em entrevista ao programa Roda Viva, o senador sergipano disse que o Brasil precisa de uma terceira via à presidência.

O senador por Sergipe, Alessandro Vieira (Cidadania) foi entrevistado na última segunda-feira, 18, no programa Roda Viva, da TV Cultura. Em rede nacional, ele disse que num segundo turno entre Lula e Bolsonaro no ano que vem, votaria no candidato petista para evitar “um mal maior”.

“Eu não subiria no palanque do Lula, eu não posso defender um voto que eu não confio e não acredito. Mas eu posso dar um voto para não ter um mal maior”.

Em entrelinhas, Vieira quis dizer que um mal maior para o Brasil seria mais quatro anos de governo Bolsonaro, e consequentemente, mesmo não “confiando” em Lula, é melhor ele que o atual presidente.

Alessandro defendeu ainda que o Brasil precisa sair dessa polarização entre Bolsonaro e Lula e optar por uma terceira via. Será ele (Alessandro), a melhor opção para o país, já que ele é pré-candidato? A pergunta fica no ar!

Desde o início de seu mandato, o sergipano tem sido alvo de críticas por parte de seus conterrâneos, principalmente, por ter sido eleito sendo o maior apoiador de Bolsonaro no estado e em seguida, ter virado um de seus maiores adversários no Congresso.

Como será que a população sergipana, principalmente os apoiadores de Bolsonaro vão reagir a tudo isso no ano que vem? E como será a aceitação de Alessandro nas urnas? Essas perguntas ficam no ar!

Veja o momento da entrevista em que Alessandro fala sobre o segundo turno: