E deu zebra na Arena Batistão. Na noite desta terça-feira, 19, o modesto Sousa-PB eliminou o Confiança da pré-Copa do Nordeste. A partida foi bastante morna, e todos os seus desfechos surgiram a partir de cobranças de pênalti.

No tempo normal, empate em um a um. Daniel, de pênalti, abriu o placar para os paraibanos, e Neto Berola, também de pênalti, empatou para o Dragão. Com bastante dificuldade para criar diante da retranca do Dinossauro, o time azulino não conseguiu ser efetivo ofensivamente.

Assim, a vaga na segunda fase precisou ser decidida nas cobranças de pênalti. E melhor para o time paraibano, que mesmo eliminado da Série D do Campeonato Brasileiro ainda na fase de grupos, superou um time de segunda divisão nacional.

De um total de seis cobranças para cada lado, cinco gols do Sousa e quatro do Confiança. Adriano e ítalo perderam para o time da casa, enquanto apenas Weslley errou para os visitantes. Fim de papo e o Sousa classificado para a segunda fase da seletiva do Nordestão 2022.

E agora?

Para o Sousa, resta aguardar o vencedor do confronto desta quarta-feira entre ABC e Jacuipense para saber quem irá enfrentar na segunda fase. Já para o Confiança, é retomar as atenções na luta contra o rebaixamento na Série B.

A equipe proletária vem em boa fase, tendo acabado de conquistar duas vitórias consecutivas pela primeira vez na competição nesta temporada. Apesar disso, a eliminação deve pesar para todos – elenco, comissão e torcida.

O Confiança não foi campeão estadual, portanto, tinha apenas na seletiva a esperança de chegar até a fase de grupos da Copa do Nordeste do próximo ano. Eliminado, não disputará a competição e perderá em visibilidade, renda e cotas de patrocínio. O foco, no momento, vai ser um só: sobreviver na segundona do Brasileirão.

Foto: Lucas Almeida/AD Confiança