Depois da traumática eliminação na pré-Copa do Nordeste, o Confiança parecia estar fadado a mais um resultado ruim nesta semana. No entanto, não foi o que aconteceu no estádio Brinco de Ouro, em Campinas, diante do Guarani. O Dragão venceu por 2 a 1, de virada, e chegou a terceira vitória consecutiva nesta Série B.

Com uma proposta mais defensiva, o time azulino deu muito pouco espaço no primeiro tempo. E isso deu certo durante praticamente toda a primeira etapa, não fosse o pênalti cometido por Madison. Bruno Sávio foi para a batida e colocou o Bugre na frente do marcador.

Apesar de estar atrás do placar, o Gigante Operário permanecia sem conseguir atacar. Parecia que o Guarani estava mais próximo de ampliar o marcador do que o Confiança de igualá-lo. No entanto, tudo mudou quando Bruno Sávio, autor do gol, foi expulso ao acertar o rosto de Madison.

Os mandantes, comandados pelo ex-treinador azulino Daniel Paulista, recuaram. A estratégia deu certo, pois ainda que em superioridade numérica, o time de Luizinho não conseguia empatar a partida. Faltando nove minutos para o fim da partida, Thales recebeu o segundo cartão amarelo ao parar um contra-ataque do Dragão e foi expulso. Com dois a menos, ficou difícil para o Bugre.

Bruno Silva cometeu pênalti em Neto Berola, e o próprio foi para cobrança e converteu. Sexto gol do artilheiro do Confiança nesta Série B.

E para coroar a noite perfeita do atacante, veio dele também o gol da virada. Não bastasse o empate nos acréscimos, o Dragão ainda conseguiu a virada. Após ótimo passe de Berola, Willians Santana chegou livre na entrada da área para chutar e marcar o segundo gol azulino da noite. O gol do triunfo.

Classificação

Com a derrota, o Guarani, que ficaria a dois pontos do G4 caso vencesse, vê a distância se manter em cinco pontos. Faltando sete rodadas para o fim desta Série B, o acesso vai se tornando missão complicada para o Bugre.

Já o Confiança, chegou aos 31 pontos e poderá ficar a três pontos de sair da zona de rebaixamento caso a Ponte não vença. São os frutos de uma reação incrível proporcionada pelo treinador Luizinho Lopes.

Agenda

O time do Bairro Industrial volta as atenções para o próximo sábado, 30, quando enfrenta o Londrina na Arena Batistão. Do lado do Guarani, o foco será a partida da próxima quinta-feira, 28, diante do Sampaio Corrêa, no Maranhão.

Foto: Thomaz Marostegan/Guarani