O corpo é de um homem de pele morena, que aparenta ter 40 anos de idade.

A morte de um homem ocorrida em Itabaiana continua cercada de mistérios. O corpo encontrado numa residência em construção, na região da Moita Formosa, na última sexta-feira, 15, com sinais de crueldade continua no Instituto Médico Legal (IML), sem identificação.

O corpo é de um homem de pele morena, que aparenta ter 40 anos de idade; ele foi encontrado por populares com as mãos e pés amarrados, já em estado avançado de decomposição.

No local, quando a Polícia Militar chegou, populares disseram que não o conheciam, e que ele nunca tinha sido visto na região.

O corpo foi encaminhado ao IML, em Aracaju, onde está até hoje, sem identificação e foi feito o registro de “Morte a esclarecer”. Nenhum familiar compareceu na unidade, para fazer a liberação do corpo, nem a polícia foi comunicada acerca de desaparecimento, ou algo ligado a este caso, que continua cercado de mistério.

O que teria levado alguém a cometer este crime, com sinais de crueldade, e quem é esta vítima?