De acordo com o vice-prefeito Neném de Verso, não existe nenhuma união. Eles estiveram juntos apenas participando de um evento, onde outras autoridades também participaram.

A presença de Everton Cunha, vice-prefeito de Itabaiana e do seu irmão Aguinaldo de Verso num evento promovido pela Alese ontem, 26, na Câmara de Vereadores de Itabaiana movimentou os bastidores da política itabaianense e acendeu uma questão: existe, nas “entrelinhas da política” uma aliança entre os “irmãos Verso” e o grupo de Luciano Bispo, presidente da Alese?

Em resposta a este questionamento, que circulou, principalmente porque Neném e Aguinaldo saíram numa foto juntos com Luciano e os vereadores David de Nem e Ivoni Lima, Neném de Verso, vice-prefeito de Itabaiana afirmou que não existe uma aliança firmada.

“Não tem aliança. Fui convidado para participar do evento e vou para todos os eventos que eu sou convidado. E no evento de ontem o líder da oposição na Alese também estava presente, e isso não quer dizer que ele e Luciano sejam aliados”, disse Neném, deixando claro que NO MOMENTO, não existe união.

O evento em questão foi a apresentação do Plano de Desenvolvimento de Sergipe (PDES), e o vice-prefeito disse foi convidado pela própria Alese, como autoridade da cidade.