O Falcon, o primeiro clube-empresa de Sergipe, tem três jogos decisivos pela frente para seguir com o sonho de subir à elite do futebol sergipano. Com oito pontos no Grupo C da Série A2, o time treinado por Luciano Quadros precisa vencer as próximas partidas para avançar de fase.

Pela frente, nesta quarta-feira, a equipe da Barra dos Coqueiros vai receber o Riachão, no Estádio João Cruz. Para o zagueiro Davi dos Santos, o momento é incômodo.

“Precisamos manter a calma durante os jogos. Infelizmente, o time vem pecado em momentos importantes e os resultados não estão sendo os que a gente quer. Estamos trabalhando dia após dia, com seriedade e dedicação, e não podemos aceitar essa fase. Apesar de não termos perdido, essa quantidade de empate incomoda muito porque poderíamos estar disparados na parte de cima”, afirma Davi.

Ele ainda comentou a expectativa para enfrentar o Riachão. “Temos sempre que respeitar a equipe adversária. A superioridade deve ser mostrada dentro de campo, com um bom futebol, buscando o gol a todo momento. Precisamos imprimir o nosso ritmo de jogo, criar as oportunidades e converter em gol. Os atletas que estão aqui foram selecionados a dedo por suas qualidades, então é preciso corresponder à altura do investimento do clube”, finalizou o zagueiro.

A partida entre Falcon e Riachão ocorre na próxima quarta-feira, 3, às 15h, no Estádio João Cruz, na Barra dos Coqueiros. A partida, válida pela oitava rodada da primeira fase do Sergipano A2, terá transmissão ao vivo da Falcon FC TV, canal oficial do clube no YouTube.

Foto: Antônio Soares/Falcon FC