A vítima foi espancada e chegou a passar dias no HUSE, em estado grave.

Na última quarta-feira, 03, policiais civis da Delegacia Regional de Itabaiana prenderam preventivamente um suspeito de tentativa de feminicídio. O crime ocorreu no dia 08 de setembro deste ano, também na cidade serrana.

De acordo com as investigações, conduzidas pelo Departamento de Atendimento aos Grupos Vulneráveis (DAGV), a vítima foi encontrada em casa, com sinais de espancamento e o seu ex-companheiro foi apontado como principal suspeito do crime.

A mulher foi socorrida e encaminhada ao Hospital de Urgências Gov. João Alves Filho, em estado grave, onde passou dias internada e ao se recuperar contou à polícia o que ocorreu.

O ex-companheiro dela havia “desaparecido” desde o dia da ocorrência e a polícia descobriu que ele já havia enviado um vídeo ameaçador à mãe da vítima. Na semana após o crime, familiares e amigos espalharam a foto do homem nas redes sociais, com o intuito de localizá-lo.

Com o andar das investigações, ele foi localizado e preso preventivamente ontem, por policiais do DAGV e Depatri, sob o comando dos delegados Lorena Rocha e Rafael Kaufer.

“Apesar do perigo de vida, a vítima se recuperou e felizmente não passou a integrar as crescentes estatísticas de feminicídio. É importante que a população saiba que a Polícia Civil está sempre atenta para reprimir a violência contra as mulheres”, afirmou a delegada Lorena Rocha.

A identidade da vítima e do preso não foram reveladas, a fim de preservar a integridade da vítima. Ele está à disposição da justiça.