Na noite desta terça-feira, 9, o Confiança entrou no campo da Arena Batistão em busca de mais um passo na luta contra o rebaixamento. Diante do Náutico, oitavo colocado ainda na luta pelo acesso, o Dragão de Aracaju não conseguiu sair do 0 a 0.

A partida, no geral, foi bastante movimentada. Depois de um início truncado, o jogo ficou mais aberto e o Náutico, apesar de ter mais a posse da bola, não conseguia ser efetivo. O Confiança, aproveitando os contra-ataques, criou algumas oportunidades, mas assim como os visitantes, nada com tanta relevância.

Já na segunda etapa, a situação mudou. Os azulinos comandados por Luizinho Lopes voltaram com muito mais intensidade, o que deu outra cara pra partida. O jogo ficou numa espécie de lá e cá, mas era o Confiança quem mais criava e se aproximava do gol. No entanto, ele não chegou, e o empate, que não era bom negócio pra ninguém, permaneceu no marcador.

O Dragão ainda ficou na bronca por um lance aos 23 minutos da etapa complementar. Neto Berola invadiu a área, mas acabou derrubado por Djavan. O árbitro da partida nada marcou, o VAR não chamou, e a decisão foi mantida.

Classificação

Desde que começou a reação na Série B do Campeonato Brasileiro, o Confiança já teve algumas chances de se aproximar da saída da zona de rebaixamento. Ela, no entanto, não veio. Com mais um “tropeço” – se considerarmos a vitória uma obrigação pelas condições que o time se encontra -, o clube do Bairro Industrial chegou aos 35 pontos. Está na 18ª colocação, a quatro de distância do Brusque, primeiro time fora do Z4.

Já o Náutico, que chegou a ser líder isolado, intitulado Timbatível, parece ter se despedido da briga pelo acesso. Se vencesse, ficaria a quatro pontos do G4. Como empatou, está a seis, e pode ver esta diferença aumentar a depender dos resultados de Goiás, CRB e Guarani. Com apenas mais nove em disputa, vai ficando cada vez mais difícil a tarefa de voltar à elite para os pernambucanos.

Agenda

Sem muito tempo para descanso, o Confiança volta a campo nesta sexta-feira, 12. A partida será em Maceió, diante do CSA, às 21h30, no estádio Rei Pelé. O Náutico, por sua vez, joga apenas na na segunda-feira, 15. O Timbu recebe Sampaio Corrêa em Recife, às 18h, nos Aflitos.

Foto: Lucas Almeida/AD Confiança