Segundo a Deso, a informação da cobrança vem anunciada em todos os talões, mas não são todas as pessoas que pagarão. Entenda o que diz a empresa.

A imprensa itabaianense tem recebido inúmeras dúvidas da população sobre uma cobrança de 80% a mais na fatura da Companhia de Abastecimento de Sergipe (Deso), a partir já deste mês de novembro. Mas, o povo está sem entender o porquê desse aumento, anunciado pela Deso somente no fim de outubro.

Quem paga uma fatura da Deso de R$ 50,00, por exemplo terá que pagar, com essa nova taxa R$ 90,00. Esses 80% a mais são referentes ao serviço de esgotamento sanitário. O povo tá na bronca!

Segundo a empresa, “a cobrança efetiva da tarifa será feita apenas nos imóveis que serão contemplados com a rede de esgoto. Portanto, se a rede de esgoto ainda não passa em sua rua, NÃO haverá cobrança”.

Em publicação no seu site, a Deso também disse o seguinte: “a cobrança é feita a partir da disponibilidade do serviço e será efetuada mesmo se o cliente não fizer a conexão do domicílio à rede implantada na rua. Ressaltamos que a interligação do imóvel à rede pública de esgotamento sanitário é obrigatória e prevista em Lei Federal”.

Mas a população não está satisfeita com essa nova taxa, principalmente num momento tão difícil de crise econômica, pandemia, etc. e quer entender alguns pontos, que não foram bem explicados pela Companhia.

Dentre as dúvidas dos itabaianenses estão essas, coletadas por nossa equipe:

  1. A maneira de identificar que a casa terá a cobrança é a instalação de uma caixa em frente da residência?
  2. Como o cliente faz a conexão do domicílio à rede de esgoto? Isso também paga? Como que isso é feito? Mesmo que não faça essa conexão, o cliente tem que pagar?
  3. A cobrança começará já na próxima fatura (pagamento de novembro)?
  4. O que esse serviço oferece à população, para que ela se sinta atraída a pagá-lo, visto que é uma taxa de 80%?
  5. A Deso já vinha informando a população sobre essa taxa? Porque a população parece estar sendo pega de surpresa…
  6. Como o cliente sabe que não precisa pagar, ou seja, que a casa dele não está inclusa?
  7. Se o cliente não quiser pagar esses 80%, o que acontece?

A nossa equipe também está com todas as dúvidas acima e enviou estes questionamentos à Deso. Aguardamos as respostas, a fim de apresenta-las à população e a partir delas, traremos outros questionamentos, porque sabemos que o povo não está satisfeito…