Familiares, amigos e moradores acompanharam o cortejo até o cemitério, no último adeus à jovem.

Foto: redes sociais

Foi sepultado na manhã desta quinta-feira, 11, no Cemitério São João Batista, em Areia Branca, o corpo da jovem Verônica Elisiane Barbosa Mesquita, de 22 anos, conhecida como “Mel”, encontrada sem vida com o corpo carbonizado na manhã de ontem, 10, no povoado Cafuz.

O cortejo até o cemitério foi acompanhado por familiares, amigos e moradores, no último adeus à jovem, que deixa dois filhos pequenos.

A morte de Mel chocou a região Agreste e a família quer justiça. A delegacia de Areia Branca, sob comando da delegada Jéssica Garcia, já iniciou as investigações.

De acordo com a PC, até o momento não há nenhuma informação sobre autoria e motivação do crime, e estas serão repassadas assim que surgirem, com base no que for levantado pelos agentes.

O CRIME:

Mel foi encontrada sem vida, por populares, num matagal próximo a um rio do povoado Cafuz. O corpo estava seminu e parcialmente carbonizado.

De acordo com familiares, que não imaginam quem possa ter cometido o crime cruel, ela saiu de Areia Branca, por volta das 15h da terça, informando que resolveria algo em Itabaiana, e desde então não deu nenhuma notícia; na manhã de ontem, a família foi surpreendida com a informação de sua morte.