A informação de três prisões foi propagada hoje nas redes sociais e também em Areia Branca, onde a vítima residia e ocorreu o crime.

Conforme apurado por nossa equipe, possíveis suspeitos de envolvimento na morte da jovem Mel Mesquita, de 22 anos, ocorrida na última quarta-feira, 10, em Areia Branca devem prestar depoimento na delegacia do município ao longo desta sexta-feira, 12.

Mais cedo começou a ser propagada através das redes sociais, e entre os moradores do próprio município, a informação de que três pessoas haviam sido presas, inclusive, familiares da jovem, mas a Secretaria de Segurança Pública (SSP/SE) informou que até o momento ninguém foi preso neste caso.

“As investigações continuam em andamento e não são verídicas as informações de que já teriam ocorrido prisões decorrentes da apuração do caso”, disse a SSP.

Apesar de não serem confirmadas as prisões, a movimentação na cidade, e principalmente na delegacia é grande. Talvez ainda hoje, com o que seja apurado, se tenha alguma novidade sobre este caso, que chocou o Agreste.

O Portal Itnet segue acompanhando o desenrolar desta situação.

O CRIME:

A jovem Verônica Elisiane Barbosa Mesquita, conhecida como “Mel” foi encontrada sem vida por populares, com o corpo seminu e parcialmente carbonizado, numa área de mata próximo a um rio, no povoado Cafuz, em Areia Branca.

O caso ocorreu na última quarta-feira e desde então, a Polícia iniciou as investigações, a fim de identificar os autores, bem como a autoria. Provavelmente, o local foi utilizado apenas para a desova do corpo.

A SSP ainda pede que informações e denúncias que possam contribuir com o trabalho da polícia devem ser repassadas através do número 181, que é o Disque-Denúncia da Polícia Civil. O sigilo do denunciante é garantido.