Suspeito de tráfico, morador de Campo do Brito morre em confronto com o Denarc em Aracaju

De acordo com a Polícia Civil o homem foi flagrado com drogas e também uma pistola.

No final da tarde da última sexta-feira, 26, Antônio Carlos Santana da Conceição, o “Toninho” morreu em confronto com policiais do Departamento de Narcóticos (Denarc) da Polícia Civil, em Aracaju. Ele residia atualmente em Campo do Brito e já havia sido preso outras vezes.

De acordo com a Polícia Civil, a equipe recebeu a informação de que Toninho estava transportando drogas e durante abordagem, segundo a PC, ele reagiu e houve troca de tiros.

“O suspeito tentou se evadir disparando contra a equipe policial e no revide foi baleado. Em seguida, ele encaminhado para o Hospital de Urgência João Alves Filho, onde veio a óbito”, informou a PC.

Ainda segundo a polícia, no momento da abordagem, Toninho foi flagrado com uma pistola e 50 kg de maconha e cocaína. A ação foi comandada pelo delegado André David.

O homem, que era ex-presidiário foi preso em 2014, por roubo a banco e tráfico de drogas e no ano passado, pelo segundo crime. O material apreendido foi encaminhado pelos agentes à sede do Denarc, em Aracaju.