Mais de 30 famílias são retiradas de áreas de risco após as fortes chuvas em Canindé

De acordo com a Prefeitura, as famílias foram abrigadas temporariamente, em escolas.

Foto: De Olho em Canindé

Os moradores de Canindé de São Francisco, no Sertão de Sergipe foram surpreendidos no último sábado, 27, com uma forte chuva, acompanhada de raios, trovões e muitos ventos. 34 famílias, que residem em áreas de risco do município foram retiradas de suas casas e abrigadas temporariamente em escolas.

Conforme a Prefeitura, as equipes da Secretaria Municipal de Inclusão, Trabalho e Desenvolvimento Social seguem trabalhando a fim de identificar outros locais de risco e também prestando auxílio às famílias que estão abrigadas temporariamente nas escolas, até que a situação seja resolvida.

Durante o temporal foram registrados dois casos graves: uma casa desabou e dois homens morreram afogados, após o carro que eles estavam ser arrastado pela água até um riacho. Outras duas pessoas que estavam no veículo conseguiram sair e sobreviveram.

De acordo com dados da Cohidro, entre o sábado e o domingo choveu cerca de 132mm, em Canindé de São Francisco. Um internauta disse à nossa equipe que há 21 anos, nunca viu uma chuva tão forte no município; casas foram alagadas, crateras se formaram nas ruas e toda a cidade ficou sem energia.

Segundo a previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), durante esta segunda-feira, 29, o tempo ficará nublado no município, com pancadas de chuva, trovoadas em momentos isolados e ventos moderados.