Morre no Huse o policial do Cope vítima de acidente com carro na região do Abaís

Edinilton Paim tinha 45 anos e há 16 era policial civil. Ele deixa dois filhos.

Foto: redes sociais

Faleceu no Hospital de Urgências Gov. João Alves Filho, em Aracaju, na manhã de hoje, 30, o policial civil Edinilton Paim dos Santos, de 45 anos. Ele se envolveu num acidente no último domingo, 28, na região do Abaís, em Estância, próximo ao trevo de acesso à praia.

O carro que o policial estava, juntamente com mais duas pessoas capotou, e ele ficou gravemente ferido, sendo submetido a uma cirurgia neurológica de emergência, ao dar entrada no Hospital. Após o procedimento, ele ficou na UTI, em estado bastante delicado.

Edinilton era policial civil de Sergipe há 16 anos e atualmente estava lotado no Centro de Operações Policiais Especiais (Cope).

Em nota, a Polícia Civil de Sergipe lamentou a morte do policial, ressaltou o seu trabalho e se solidarizou com os familiares e amigos do agente.

“A PC perde hoje um dos seus melhores integrantes. Além de servidor policial, ele era reconhecido como um excelente instrutor de cursos sobre o uso de drones em ações, operações e investigações das forças de segurança pública. Paim ministrou aulas em várias policias do Brasil. Nossas condolências e total solidariedade aos colegas, amigos e familiares. Pedimos a Deus o consolo e orações nesse momento de dor e consternação”, disse a PC, em nota.

Edinilton, que era natural de Pojuca, na Bahia deixa dois filhos.

De acordo com a assessoria do Hospital, o agente “deu entrada na unidade hospitalar com TCE grave, com hipertensão intracraniana, além de trauma abdominal fechado. O servidor foi submetido a uma craniectomia descompressiva, porém, a gravidade da lesão cerebral determinada pelo alto impacto provocou múltiplos focos de hemorragia cerebral, o que contribuiu para o óbito”.

Em breve novas informações.