Valmir de Francisquinho pode voltar de Brasília pré-candidato a governador de Sergipe

Ele participou ontem do ato de filiação do presidente Jair Bolsonaro ao PL e até registrou o momento em suas redes sociais.

Dentro do cenário atual da filiação de Jair Bolsonaro ao PL, o partido se comprometeu em participar dentro de todos os estados brasileiros, com apoios e candidatos próprios aos cargos majoritários, com o intuito de fortalecer a candidatura do presidente.

No estado de Sergipe, o cenário não será diferente. O PL procura nomes fortes para uma candidatura própria. Dentre os nomes mais cogitados estaria o nome de Laercio Oliveira, que não é do PL, mas faz parte da base aliada e o do ex-prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho.

O ex-prefeito foi para o ato de filiação de Bolsonaro e aproveitou para registrar o momento através de uma live, em suas redes sociais. Apesar de ainda não estar confirmado, existe uma vontade do presidente Valdemar da Costa Neto, de ventilar seu nome (o de Valmir) para o Governo de Sergipe.

No estado, duas correntes se projetam para a candidatura ao cargo de governador. Uma liderada por Belivaldo, e que teria o nome de Fabio Mitidieri ou Edvaldo Nogueira, como prováveis candidatos, entretanto, esse cenário não é propício para Valmir dos Santos Costa, pois, o atual presidente da Alese, Luciano Bispo de Lima, que faz composição com o grupo e provavelmente não aceitará o seu rival político de Itabaiana.

Já a outro corrente, que terá como provável candidato Rogério Carvalho, do Partido dos Trabalhadores, não poderá se “juntar” com o PL, por uma determinação nacional, excluindo com isso, a possibilidade de que Valmir, ficando no PL fará parte desta chapa.

Valmir deverá receber uma proposta de campanha, com recursos do fundo partidário e a liberdade para lançar a sua pré-candidatura, apoiando Jair Messias Bolsonaro.

Só falta ele confirmar!