Site do Ministério da Saúde sofre ataque hacker e deixa de apresentar dados sobre a vacinação

Com o ataque, os profissionais não conseguem acessar e inserir dados sobre a vacinação contra o coronavírus nos municípios brasileiros.

Foto: reprodução/Ministério da Saúde

Nesta madrugada, o portal do Ministério da Saúde, incluindo o aplicativo ConecteSUS sofreu um ataque hacker e está fora do ar. Com isso, dados e informações acerca da vacinação contra o coronavírus em todo o país estão impedidas de serem acessadas.

Com o ataque, os profissionais de saúde não conseguem acessar e inserir dados sobre a nos seus respectivos municípios, nem também, a população ter acesso ao comprovante de vacinação virtual, por exemplo.

O Lapsus$ Group assumiu a autoria do ataque cibernético e disse que 50 terabytes de informações foram retirados do sistema e estão em posse do grupo. “Nos contate caso queiram o retorno dos dados”, diz a mensagem no site.

O portal do Ministério da Saúde sofreu um “ransomware”, ataque hacker caracterizado pela paralisação do sistema, seguido de um pedido de resgate para liberação.

Até o momento, o Ministério da Saúde não se manifestou sobre o ataque, nem os passos que seguirá para reverter a situação.