Em Ribeirópolis, homem é preso suspeito de atirar em cachorro utilizando uma espingarda

Ele responderá por maus-tratos contra animal, porte ilegal de arma de fogo e ainda o crime de ameaça.

Na última terça-feira, 14, policiais civis da Delegacia de Ribeirópolis realizaram a prisão de um homem suspeito de atirar num cachorro. Em depoimento, ele confessou o crime e disse que o fez porque o animal corria atrás de suas ovelhas e as feriam.

Ele foi identificado como Genilson José Barreto, o “Barrego Marchante” e de acordo com a Polícia Civil, o caso veio à tona após uma denúncia e no momento que foi encontrado, o homem portava uma faca.

“Após a prisão, ele confessou o fato e informou que só atirou porque os cachorros sempre corriam atrás de suas ovelhas e as feriam. O suspeito disse ainda que jogou sua espingarda em uma fonte, a qual não foi possível localizá-la devido a profundidade do tanque” informou o delegado Gregório Bezerra, responsável pelo caso.

Genilson foi preso e conduzido à delegacia ribeiropolense, para a adoção das medidas cabíveis ao caso. Ele responderá por maus-tratos contra animal, porte ilegal de arma de fogo e ainda o crime de ameaça.

Vale ressaltar que este caso não é o mesmo de Campo do Brito, onde a PC segue as investigações e pede a contribuição da população, através de denúncias pelo número 181 (Disk-denúncia); o sigilo é garantido.