GOVERNO: confira pesquisa e saiba os nomes mais citados pelos sergipanos

A pesquisa foi realizada entre os dias 13 e 17 de dezembro, pelo Instituto França, com 1.122 eleitores sergipanos.

O Portal ASN encomendou ao Instituto França de Pesquisa (IFP), uma pesquisa de intenção de votos para as eleições 2022, em Sergipe. O levantamento foi feito nos 40 maiores municípios do estado, com 1.122 eleitores.

Para o cargo de Governador, o IFP apresentou vários cenários aos eleitores, sendo o primeiro deles, o espontâneo, quando nenhum nome é informado e o eleitor diz em quem ele pretende votar.

Confira os números:

-Edvaldo Nogueira: 13,23;

-Fábio Mitidieri: 4,68;

-Rogério Carvalho: 4,42;

-Valmir de Francisquinho: 4,09;

-Senador Alessandro Vieira: 2,95;

-Belivaldo Chagas: 2,72;

-Laércio Oliveira: 1,78;

-Ulisses Andrade: 1,29;

-Milton Andrade: 0,80;

-Daniele Garcia: 0,29;

-Eliane Aquino: 0,19;

-Eduardo Amorim: 0,19;

-Gustinho Ribeiro: 0,10;

-Valadares Filho: 0,10;

-Luciano Bispo: 0,10;

-NH/Branco/Nulo: 13,62;

-NS/Indeciso: 49,45.

Num segundo cenário, sendo este induzido, o IFP apresentou alguns nomes, de pessoas já citadas para disputarem o cargo, independente se estão no mesmo agrupamento político.

Confira os números:

-Edvaldo Nogueira: 24,24;

-Valmir de Francisquinho: 13,69;

-Rogério Carvalho: 8,98;

-Fábio Mitidieri: 8,68;

-Senador Alessandro Vieira: 6,35;

-Laércio Oliveira: 3,76;

-Milton Andrade: 3,16;

-NH/Branco/Nulo: 16,66;

-NS/Indeciso: 14,49.

Já num terceiro cenário, sem o nome de Edvaldo Nogueira na disputa, até então o mais citado nos dois cenários acima, o itabaianense Valmir de Francisquinho ganha destaque. Confira os números:

-Valmir de Francisquinho: 18,92;

-Fábio Mitidieri: 14,87;

-Rogério Carvalho: 14,66;

-Senador Alessandro Vieira: 12,27;

-NH: 25,78;

-NS: 13,50.

O Instituto França entrevistou 1.122 eleitores sergipanos, de 40 municípios e a margem de erro é de 2,9 pontos percentuais para mais ou para menos.

Confira neste link os números para Senador.

Daqui a pouco traremos outros cenários para o Governo.