Identificado como um dos maiores traficantes de armas de Sergipe morre em confronto com o Cope

Ele foi localizado em Aracaju e transportava uma farta quantidade de munições e tabletes de maconha.

Na tarde da última quarta-feira, 22, Jeft Fagner Silva Faria, conhecido como “Dedinho”, de 34 anos morreu em confronto com policiais do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), em Aracaju. De acordo com as investigações, o homem é um dos maiores traficantes de armas de Seegipe.

Jeft estava sendo investigado pelo transporte de munições e de drogas e os policiais foram até ele cumprir o mandado de prisão, expedido pela Justiça. Segundo a Polícia Civil, no momento, ele reagiu e entrou em confronto com os agentes, sendo atingido e vindo a óbito.

No momento da abordagem, Jeft transportava uma farta quantidade de munições e tabletes de maconha.

“Conforme as investigações, Jeft era um dos maiores traficantes de armas e munições de Sergipe, fornecendo material para um grupo criminoso que atua na região. Ele já havia sido preso anteriormente pelos mesmos crimes, em 2015 e 2020”, informou a PC.

A Polícia Civil dará continuidade às investigações, a fim de localizar as armas de fogo envolvidas neste caso.

Foto: SSP/SE