Coleta de lixo é interrompida em Nossa Senhora do Socorro. Empresa alega falta de pagamento

De acordo com a empresa Estre Ambiental, são 24 meses que a prefeitura não efetua o pagamento.

Os moradores de Nossa Senhora do Socorro, na Grande Aracaju acordaram nesta quarta-feira, 29, com a notícia de que a coleta de lixo está interrompida na cidade. A empresa responsável, a Estre Ambiental alega falta de pagamento por parte da Prefeitura Municipal.

A interrupção no serviço foi anunciada pela Estre através de nota à imprensa e segunda empresa, já são 24 meses que a prefeitura não efetua o pagamento, mesmo depois de muitas tentativas de negociação.

“Sempre alegando falta de recursos, enquanto pagou 21 milhões para uma empresa de limpeza urbana nos últimos seis meses, sem pagar um centavo à Estre, que conseguiu até o momento manter o atendimento ao município, mas a partir desta quarta-feira não poderá mais financiar com recursos próprios a operação”, diz a nota.

Foi suspenso o serviço de recebimento de resíduos no aterro em Rosário do Catete, e no transbordo, em Nossa Senhora do Socorro.

A Prefeitura Municipal informou que está analisando a situação e que ainda hoje irá se pronunciar acerca deste caso.

Foto: Kedma Ferr/TV Sergipe