Sergipe derrota Falcon de virada e estreia com vitória no Sergipão 2022

Na tarde deste sábado, 15, Sergipe e Falcon realizaram a partida de estreia do Campeonato Sergipano de 2022. O jogo aconteceu na Arena Batistão, em Aracaju, e terminou com vitória do Gipão por 2 a 1 diante do Carcará.

Com o resultado, o Sergipe pôs fim a um jejum de três anos sem vitórias em estreias de estadual. No último triênio haviam sido duas derrotas para o Confiança e um empate com o Freipaulistano. Já o Falcon, debutou na elite sergipana com uma derrota.

Primeiro tempo

Nos primeiros 45 minutos, jogo muito equilibrado. Com a volta da torcida para os estádios, o Mais Querido era mais proativo, mas esbarrava na boa defesa da equipe da Barra dos Coqueiros.

Os visitantes, por sua vez, exploravam o jogo em velocidade nas brechas que a defesa colorada deixava. Mas foi na bola parada que o placar foi aberto. Numa cobrança de falta magistral, o meio-campista Erick abriu o placar para o Carcará.

Mesmo com o apoio da torcida, o Sergipe sentiu o gol. Tentava em muitos momentos explorar a velocidade de seus alas, principalmente pelo lado direito, com Márcio Lima, mas sem efetividade. O Falcon se defendia muito bem e dava pouco espaço para o alvirrubro, que não conseguia construir chances de perigo.

Mas da mesma forma que o placar foi inaugurado, ele foi igualado: através da bola parada. Em ótima cobrança de Elivelton, o zagueiro Alexandre Lazarini subiu mais alto que todo mundo e testou para o fundo das redes de Geovani. Empate colorado no Batistão para delírio da nação colorada.

Após o empate, a partida seguiu com a mesma tônica: Sergipe com mais posse, mas encontrando pouco espaço, e o Falcon sem se expor e sem conseguir encaixar ataques. E desse jeito as equipes foram para o intervalo.

Segundo tempo

Na segunda etapa, a partida manteve-se com o mesmo ritmo da primeira: Sergipe com mais posse, dominando as ações, e o Falcon retraído tentando criar chances em contra-ataques. O ritmo era o mesmo, mas com o passar do tempo, o domínio colorado foi ficando cada vez mais amplo.

A equipe visitante, a partir de um certo momento, concentrou-se em apenas se defender. Além de não conseguir executar os contra-ataques da forma correta, o Falcon abdicava da posse e via o Sergipe dominar praticamente todas as ações do jogo.

O Mais Querido seguia com dificuldades de criação, mas ficava o tempo inteiro dentro do campo defensivo adversário. Com algumas mexidas do treinador Elias Borges, como por exemplo a entrada do atacante Arthur, do volante Janderson e do lateral-direito Chiquinho Alagoano, o alvirrubro melhorou.

A equipe ficou mais móvel, e foi através da mobilidade e da troca de passes que o time criou duas boas chances. Uma com Doda, que bateu mascado, e a outra com Arthur, após passe do próprio Doda, que bateu dividindo com o goleiro.

Mesmo com um clima mais morno na partida, a sensação era de que o Sergipe poderia encontrar um gol a qualquer momento. E aconteceu. Cruzamento de Chiquinho Alagoano para a área, Doda fez a infiltração e bateu firme para o fundo do gol. Virada colorada e delírio da torcida vermelhinha na Arena. Foi o gol da vitória colorada na estreia do Sergipão de 2022.

Agenda

O Sergipe volta a campo no próximo sábado, 22, diante do Boca Júnior, na Arena Batistão. Apesar do jogo ser na Arena, o mando será da equipe de Cristinápolis. Já o Falcon, joga apenas na terça-feira, 25, contra o Itabaiana, também na Arena Batistão.

Classificação

Por ser o único jogo realizado até aqui no campeonato, o resultado coloca as equipes em extremos opostos. O Falcon fica com a lanterna do grupo B, enquanto o Sergipe assume a liderança do grupo A.

Foto: Antônio Soares/CS Sergipe