Contrariando a população, Justiça mantém taxa de esgoto cobrada pela Deso em Itabaiana

A decisão é do Desembargador Roberto Eugenio da Fonseca Porto e continuará o mesmo valor (80%).

O Tribunal de Justiça de Sergipe acatou o pedido da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) e decidiu manter a cobrança da taxa de esgoto, no valor de 80%, cobrada pela empresa, em Itabaiana, e que havia sido suspensa, no dia 13 de janeiro, após ação popular impetrada pela Câmara de Vereadores, em nome dos 14 parlamentares.

A decisão é do Desembargador do TJ/SE, Roberto Eugenio da Fonseca Porto e contraria a população, que está insatisfeita com mais uma taxa, principalmente, em meio a um período de pandemia.

De acordo com a decisão continuará o mesmo valor (80%), nas residências por onde a obra de esgotamento sanitário da companhia passou. A cobrança teve início no mês de novembro do ano passado e a Justiça apontou com a decisão, que não há irregularidades na cobrança.

Quem paga uma fatura da Deso de R$ 50,00, por exemplo está tendo que pagar, com essa nova taxa, R$ 90,00. O povo “tá na bronca”!

A Câmara de Itabaiana, responsável por conseguir a suspensão, ainda não informou se recorrerá desta nova decisão. O Portal Itnet segue acompanhando o caso.

Confira aqui a decisão, na íntegra