Assaltantes armados fazem vigilantes reféns num galpão da Deso. Um dos criminosos morreu em confronto

O caso foi registrado no povoado Timbó, em São Cristóvão. Armas e munições dos dois vigilantes foram roubadas.

Na noite da última quinta-feira, 03, homens armados invadiram um galpão da Deso, situado no povoado Timbó, em São Cristóvão. Um deles morreu em confronto, com a Polícia Militar, após fazer os dois vigilantes de refém.

Tudo ocorreu quando uma equipe da 1ª Companhia Independente da Polícia Militar (1ª CIPM) foi acionada para atender a uma ocorrência de invasão num galpão da Deso, na barragem do Rio Poxim.

No local, os policiais encontraram os dois vigilantes do galpão feitos de refém e os criminosos tentando fugir.

“Os militares foram ao local e, assim que chegaram, foi possível ouvir disparos de arma de fogo, e um dos suspeitos fugindo pelo matagal e disparando contra os policiais. Ao entrarem no prédio, com o objetivo de resgatar os vigilantes rendidos, os militares foram novamente alvos de vários disparos de arma de fogo”, informou a Polícia Militar.

Os policiais revidaram e um dos assaltantes foi atingido, vindo a óbito. Com ele, as equipes encontraram dois revólveres calibre 38.

Os vigilantes foram desamarrados e libertados. O outro assaltante conseguiu fugir levando algumas armas e coletes dos vigilantes.  

Foto: SSP/SE