Prefeito do Aleixo registra BO e alega que foi perseguido por integrantes de caminhonete

O fato ocorreu quando ele retornava de Nossa Senhora Aparecida para São Miguel do Aleixo.

Na noite da última segunda-feira, 07, o prefeito de São Miguel do Aleixo, Gilton Menezes registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia Regional de Nossa Senhora da Glória, alegando que minutos antes foi alvo de uma perseguição.

De acordo com o prefeito, ele retornava da casa de sua mãe com um amigo, em Nossa Senhora Aparecida, para São Miguel do Aleixo, quando após parar para abastecer num posto de combustíveis percebeu que estava sendo perseguido por uma caminhonete Ford Ranger, de cor marrom.

Em certo momento, Gilton disse que reduziu a velocidade para o veículo passar, mas ele não passou e seguiu atrás.

A perseguição ocorreu até a área urbana do município aleixense e no momento que Gilton foi guardar o seu carro, segundo ele, a Ranger ficou parada por alguns minutos e depois tomou destino ignorado.

O prefeito não soube relatar quantas pessoas estavam no veículo nem o que pode ter ocasionado esta perseguição, visto que, ele não sofreu nenhuma ameaça.

Temendo pela sua vida e a de seus familiares, hoje ele irá até a sede da Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE), conversar com o secretário João Eloy, para que o caso seja investigado.