Sem cirurgião no Hospital de Itabaiana, zagueiro do Confiança é levado às pressas a Aracaju para atendimento

O caso ocorreu na tarde do último domingo, 13, quando o zagueiro Nirley se machucou durante o clássico entre Itabaiana e Confiança.

No último domingo, 13, todos os olhos dos sergipanos apaixonados pelo futebol estavam voltados para o Mendonção, palco da partida entre Itabaiana e Confiança, que terminou empatada em 0 a 0.

Durante o jogo, aos sete minutos do primeiro tempo, o zagueiro Nirley, do time do Bairro Industrial acabou se chocando com o goleiro Ewerton e desmaiou em campo. Rapidamente, a equipe médica do Confiança socorreu Nirley e a partida continuou.

O zagueiro foi colocado numa ambulância e encaminhado ao Hospital Regional de Itabaiana, visto que ainda não se sabia o que de fato havia acontecido. Porém, na unidade, não havia um médico cirurgião de plantão, para atender o jogador, apenas clínico geral, entretanto, Nirley precisava ser atendido por um cirurgião.

Para não perder tempo, a equipe do Confiança rapidamente levou o jogador para ser atendido num hospital da capital. Nirley passou por exames e foi descartada qualquer lesão grave, porém, o zagueiro precisará se recuperar para voltar a campo.

A questão da falta de médico cirurgião chama a atenção da população, visto que, o hospital recebe pacientes de várias cidades e aos fins de semana, o movimento aumenta, principalmente de pessoas que precisarão passar por algum procedimento cirúrgico e que às vezes, uma espera, demora, transferência, pode ser fatal.

Conforme informações colhidas por nossa equipe, a unidade está com esse desfalque de médico cirurgião há algum tempo, nem todo dia há médico dessa especialidade na unidade para atender, mas dois profissionais estão na fila para serem contratados e após essa repercussão, espera-se que a Secretaria de Estado da Saúde (SES) agilize a contratação.

O Portal Itnet vai acompanhar essa questão, visto que, é inaceitável que um hospital do porte do Regional de Itabaiana tenha desfalque de médicos, seja qual for a especialidade.

Foto: ADC