PESAR: morre Paulinha Abelha, a musa do forró, aos 43 anos

Ela estava internada desde o dia 11 e faleceu às 19:26h desta quarta-feira, 23, conforme o Hospital Primavera.

Paulinha Abelha, musa do forró e dona de uma das maiores vozes do Brasil faleceu nesta quarta-feira, 23, após 13 dias internada em Aracaju, com um quadro de insuficiência renal que se agravou em coma profundo, lesão cerebral e comprometimento em diversos órgãos.

De acordo com a nota do Hospital Primavera, onde a vocalista da Banda Calcinha Preta estava internada, o falecimento ocorreu às 19:26h e sua morte se deu em decorrência  de um quadro de comprometimento multissistêmico.

“Nas últimas 24 horas apresentou importante agravamento de lesões neurológicas, constatadas em ressonância magnética, e associada a coma profundo. Foi então iniciado protocolo diagnóstico de morte encefálica, que confirmou hipótese após exames clínicos e complementar específicos”, diz a nota do Primavera, divulgada nas redes oficiais da cantora e da banda.

Paulinha foi internada no dia 11, no Hospital Unimed, após algumas dores. Somente na unidade foi que se descobriu que o caso era grave e no dia 17, ela entrou em coma e foi transferida para o Primavera, onde estava até hoje.

Sergipe chora a perda de uma grande cantora, conterrânea e mulher guerreira, que conquistou o seu espaço com muito talento, simpatia e força e levou, junto com os colegas, a Calcinha Preta ao nível de Brasil, como uma das melhores e maiores bandas de forró.

Natural de Simão Dias, Paulinha tinha 43 anos, estava casada com o artista Clevinho Santos e tinha o sonho de ser mãe, que infelizmente foi interrompido.

Descanse em paz, Paulinha!