Belivaldo vai propor que o uso obrigatório de máscara seja revogado em Sergipe

O governador fez o anúncio numa rede social e disse que enviará a proposta à Alese.

Através de seu Twitter, o governador de Sergipe, Belivaldo Chagas anunciou que vai propor a revogação da obrigatoriedade do uso de máscaras à população, que tem como objetivo evitar a proliferação do coronavírus.

Belivaldo disse que enviará a proposta, através de projeto de lei para a Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), para avaliação dos deputados estaduais, mas não deu detalhes do que motiva a sua proposta. Ele disse ainda que as regras serão discutidas pelo Comitê Técnico-Científico e de Atividades Especiais (Ctcae), posteriormente.

A lei estadual que determina o uso obrigatório de máscaras foi criada no ano de 2020, no auge da pandemia do coronavírus e prevê multas, no caso do descumprimento.

ÚLTIMO DECRETO:

As últimas regras anunciadas pelo Governo dizem respeito ao limite de público em eventos de lazer coletivo. A capacidade é de 2.000 pessoas em ambientes externos e 1.000 pessoas em ambientes internos. Vale lembrar que só podem realizar eventos os municípios que estão com 75% da população vacinada com a segunda dose da vacina contra o coronavírus.

“Nos eventos a partir de 400 pessoas em ambientes internos e de 600 pessoas em ambientes externos, só será permitido o acesso de pessoas que tenham recebido a 1ª dose e a 2ª dose ou a dose única do imunizante contra a Covid-19, ou que apresentem teste antígeno ou RT-PCR de Covid-19 negativo realizado com no máximo 48 (quarenta e oito) horas de antecedência do evento”, informou o Governo de Sergipe.