Suspeito de matar policial durante emboscada tem prisão preventiva decretada

O crime ocorreu no último domingo e no dia seguinte, o homem compareceu ao Cope e se entregou.

Em audiência de custódia realizada na terça-feira, 08, a justiça decretou a prisão preventiva de José Ilton Rodrigues de Souza Júnior, suspeito de ser o autor do crime que vitimou o policial militar aposentado Roberto Carlos Bio, conhecido como Sargento Bio, de 57 anos.

O homicídio ocorreu na noite do último domingo, 06, na BR-101, em Itaporanga, quando o militar parou o veículo para ajudar um homem com uma motocicleta, que estava parado às margens da rodovia, aparentemente, precisando de ajuda; na verdade, o homem havia armado uma emboscada.

O suspeito efetuou disparos contra o PM e em seguida fugiu por um matagal. Os tiros também atingiram o filho da vítima, que o acompanhava. Desde então, a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que registrou a ocorrência acionou o Cope, que deu início às investigações.

José Ilton compareceu à sede do Cope na segunda-feira, 07, acompanhado do seu advogado, prestou depoimento, confessou o crime e foi preso em flagrante, por homicídio qualificado. Ele também vai responder por tentativa de homicídio.

“Segundo levantamentos policiais, em 2018, José Ilton chegou a ser condenado por porte ilegal de arma de fogo”, informou a Secretaria de Segurança Pública (SSP/SE).

Foto: PM/SE