Após supostas ameaças a jogadores, Ministério Público pede investigação contra torcida do Sergipe

O Ministério solicitou a Secretaria de Segurança Pública, que a Polícia Civil instaure inquérito para apuração do caso.

Na última segunda-feira, 21, o Ministério Público de Sergipe (MP/SE) solicitou investigações contra uma torcida organizada do Club Sportivo Sergipe, por supostas ameaças feitas a jogadores e comissão técnica do time, no Estádio João Hora, dias antes do segundo Clássico Maior deste ano, ocorrido em 12 de março.

O Ministério solicitou a Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE), que a Polícia Civil instaure inquérito para apuração do caso.

No documento do MP foi anexado o vídeo, que mostra os torcedores, que integram a Torcida Esquadrão Colorado, popularmente conhecida como TEC, intimidando e pressionando o elenco do Sergipe, inclusive, o técnico do time.

No vídeo, os torcedores dizem que não está faltando nada para o elenco, que todos estão com o salário em dias e precisam mostrar força em campo, e completam com o seguinte: “a ideia foi dada, a ideia já foi dada. Se não ganhar o clássico, o ‘bagulho’ vai ficar doido… Ninguém tá de brincadeira aqui não”.

“O documento foi encaminhado para o Secretário de Segurança Pública, João Eloy de Menezes, solicitando providências sobre os fatos narrados, com abertura de Inquérito Policial, e em seguida, remetê-lo ao Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe (TJSE), assim que concluída a investigação”, informou o MP/SE.

O Sergipe, que não se pronunciou sobre o vídeo feito no João Hora, até o momento também não falou sobre o pedido do Ministério.

O vídeo em questão você confere abaixo: