Suspeito de tráfico morre durante operação em Estância e Denarc apreende drogas e uma metralhadora

Conforme as investigações, ele é suspeito de integrar um grupo que disputava o comando do tráfico em Estância com outra facção.

Na última segunda-feira, 25, a Polícia Civil de Sergipe, através do Departamento de Narcóticos (Denarc) deflagrou uma operação contra o tráfico de drogas em Estância, no Sul do estado. Um suspeito entrou em confronto, acabou morrendo e as equipes apreenderam drogas e uma metralhadora.

Conforme as investigações desencadeadas pelo Denarc, André Santos Lima, conhecido como André Gordo é suspeito de integrar um grupo que disputava o comando do tráfico em Estância com outra facção. Por conta desta disputa, o número de homicídios no município teve um aumento.

Na ação da segunda, o Denarc foi informado que André faria uma entrega de drogas e montou a operação para frustrar a entrega. Em meio à ação, o homem reagiu à presença policial, houve troca de tiros, ele foi atingido e não resistiu.

“Ele era um elemento que causava temor na comunidade local. Ele agiotava com o dinheiro do tráfico, tirava as pessoas de suas residências, tomava as residências das pessoas, numa forma de saldar dívidas que elas tinham com ele. E também fomentava o tráfico local, bem como os homicídios que estavam ocorrendo”, informou o delegado André David, responsável pela operação.

André já havia sido preso pelo Cope no ano passado, pelos crimes de tráfico de drogas e associação criminosa.

Com o investigado, as equipes policiais apreenderam uma metralhadora 9mm e uma quantidade de cocaína.

Foto: redes sociais