Alessandro diz que não traiu Bolsonaro e que não pediu voto para ele. “Eu fui eleito Senador votando em Marina Silva”

“No segundo turno eu manifestei meu voto a Bolsonaro, mas também não fiz campanha para ele”, completou o Senador.

O Senador da República e pré-candidato a Governador Alessandro Vieira (PSDB) foi o entrevistado de Luiz Carlos Focca no Itnet Notícias da última segunda-feira, 16, e falou sobre sua trajetória e planos para as eleições deste ano.

Alessandro Vieira é rotulado por alguns apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL), principalmente em Sergipe, como TRAIDOR, visto que é um dos congressistas que, trocando em miúdos, “mais pega no pé” de Bolsonaro e muitos acreditavam que ele seria um grande apoiador do presidente.

Sobre esse título que lhe foi atribuído, Alessandro disse que não traiu Bolsonaro. “Primeiro porque eu não pedi voto para ele. Eu fui eleito Senador, o mais votado em Sergipe votando em Marina Silva”, disse Alessandro, completando que sempre deixou isso claro.

O Senador disse ainda que no segundo turno votou em Bolsonaro, mas nunca fez campanha para ele e que na época que manifestou seu voto a Bolsonaro, ainda citou alguns problemas, como o seu histórico de trabalhar pouco na Câmara, enquanto parlamentar.

Confira o trecho da entrevista: