Polícia Civil de Lagarto esclarece acidente de trânsito que resultou em uma morte

O motorista responsável pelo crime já foi identificado e indiciado por sua ação.

Nesta quinta-feira, 02, a 3ª Divisão da Delegacia Regional de Lagarto trouxe informações sobre um homicídio culposo praticado na direção de veículo automotor, no município. Durante o caso, que envolveu duas motos, uma motociclista passageira faleceu; o condutor da outra moto foi indiciado pelo crime.

Segundo o delegado Felipe Andrade, assim que o caso – que ocorreu no dia 11 de maio, no povoado Jenipapo – foi registrado, a equipe se esforçou para localizar os envolvidos e qualifica-los. Além disso, também houve a busca por obtenção das imagens da câmera de monitoramento do local.

O delegado explicou que foi por meio dos vídeos que eles identificaram como ocorreu a infração. “A partir das imagens das câmeras, foi possível perceber que o condutor que trafegava pela avenida José Ribeiro de Souza foi o responsável pelo resultado morte da garupa de uma segunda moto que transitava pela avenida José Doria”, disse.

Felipe Andrade acrescentou que o direito de preferência era do motorista que transitava pela Avenida José Dória. “Além de desrespeitar o direito de preferência, ele também deixou de observar a prudência especial que se deve ter ao se aproximar de cruzamentos. São normas previstas no Código Brasileiro de Trânsito”, afirmou.

Ainda de acordo com o delegado, o condutor já foi identificado e indiciado pelo crime de homicídio culposo. “O fato foi circunstanciado pela questão de o condutor não possuir carteira de habilitação, o que gera um aumento de pena”, finalizou.

Foto: SSP/SE