STF derruba decisão que devolveu mandato a deputado. Será que o mesmo ocorrerá com Valdevan?

A decisão derrubada pelo STF é do Ministro Nunes Marques, o mesmo que devolveu o mandato ao deputado sergipano.

Na última terça-feira, 07, o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou a decisão do Ministro Nunes Marques, que devolveu o mandato ao deputado estadual Delegado Fernando Francischini (União Brasil-PR).

Foram 3 votos a 2, da Segunda Turma do Tribunal. Na semana passada, Nunes Marques havia derrubado a decisão de cassação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e devolvido o mandato ao deputado, que voltou à Assembleia.

Fernando Francischini foi cassado pela Corte Eleitoral em outubro do ano passado e recorreu ao Supremo para manter o mandato. Conforme decisão do TSE, Francischini fez afirmações inverídicas sobre fraudes nas urnas eletrônicas no dia da votação.

Será que o mesmo acontecerá com o deputado federal por Sergipe, Valdevan Noventa?

Isso porque, ele também teve o mandato cassado pelo TSE, em março e posteriormente, no dia 02 de junho, o Ministro Nunes Marques derrubou a decisão e devolveu o mandato; Valdevan voltou à Câmara no dia seguinte, sexta-feira, 03.

Em março, o TSE decidiu pela cassação e inelegibilidade de Valdevan Noventa (PL), por abuso do poder econômico durante a campanha eleitoral de 2018.

Segundo a investigação, na campanha de 2018 de Valdevan foram recebidas doações de pessoas físicas com origem não identificada, totalizando R$ 86 mil, e de fontes vedadas, comprometendo a igualdade entre candidatos.