Erick Luchetti festeja título do Falcon e fala das responsabilidades para as competições de 2023

Menos de um ano em atividade, quatro finais, três títulos e recordes quebrados. Esse é o retrospecto do Falcon até aqui no futebol sergipano. E o mais novo troféu do Carcará foi conquistado na noite desta quarta-feira, 8, na Arena Batistão, em Aracaju. A equipe da Barra dos Coqueiros derrotou o Itabaiana por 1 a 0, com gol de Keke, faturando o Campeonato Estadual sub-20 de maneira invicta.

O treinador Erick Luchetti exaltou o desempenho do time ao longo de toda a competição, sempre buscando alcançar as metas pré-definidas. “A gente chegou aqui dando passo a passo, subindo degrau a degrau. Tínhamos metas durante a competição. A primeira era chegar na semifinal e conseguimos passar em primeiro. Depois, queríamos chegar à final e conquistar o título para coroar todo o trabalho desenvolvido. Fizemos uma campanha sólida, mostramos um bom futebol e merecemos essa conquista”, avalia o treinador.

O título deu ao Falcon vagas na Copa do Brasil e na Copa do Nordeste da categoria, além da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Para ele, o sarrafo vai ficando cada vez mais alto a partir das marcas alcançadas pelo clube.

“Agora temos calendário para 2023. Devemos nos preparar porque o grau de exigência será muito maior, pois as responsabilidades aumentam a cada conquista. É uma grande oportunidade para todos. Vamos trabalhar para conseguir mais resultados e colocar o nosso nome ainda mais na história do Falcon”, projeta o comandante.

Com mais um troféu em sua galeria, o Falcon tem pela frente mais duas competições oficiais nas categorias de base: o Sergipão sub-17 e sub-15.

Foto: Fellipe Carvalho/Falcon FC