Delegada do DAGV fala sobre investigações relativas à agressão a uma advogada na Festa dos Caminhoneiros

O inquérito policial já foi instaurado na Divisão e a Polícia vai contar com o auxílio das imagens do circuito de monitoramento da festa.

Nesta terça-feira, 14, a Polícia Civil de Sergipe informou que já deu início às investigações referentes ao caso da jovem advogada que foi assediada e agredida por um homem, na madrugada do domingo, 13, na Festa dos Caminhoneiros de Itabaiana.

O caso está sendo apurado na Divisão de Atendimento aos Grupos Vulneráveis (DAGV), da Delegacia Regional de Itabaiana, que tem à frente a delegada Jéssica Garcia.

Segundo a delegada, o trabalho policial com o intuito de identificar e localizar o agressor, o mais rápido possível vai contar tanto com o depoimento da vítima, como com o auxílio das imagens do circuito de monitoramento da festa, que serão disponibilizadas pela organização.

O CASO:

A jovem Luciana Costa estava na Praça de Eventos aproveitando a festa junto com amigos. Um homem se aproximou dela e a convidou para dançar e “ficar” com ele, porém ela recusou, mas ele continuou insistindo e a jovem, recusando.

Em determinado momento, inconformado por ter “levado um fora”, o homem deu um murro na face dela e saiu correndo. A jovem teve o nariz quebrado, foi socorrida pela equipe médica da festa e posteriormente levada a um hospital de Aracaju, onde passou por uma cirurgia, para correção da região quebrada; ela segue hospitalizada.

VEJA O QUE DISSE A DELEGADA: