Secretaria de Segurança Pública divulga balanço de ocorrências na Festa dos Caminhoneiros, que registrou público recorde

Segundo dados divulgados pela SSP, foram aproximadamente 70 mil pessoas presentes nos três dias da festa.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a Festa dos Caminhoneiros de Itabaiana foi encerrada com baixo volume de ocorrências, levando em consideração a gravidades dos delitos registrados durante a atuação das polícias civis e militares. No total, foram empregados 120 policiais militares, além do plantão da Delegacia Regional de Itabaiana.

Segundo dados da Polícia Civil, foram registrados 175 boletins, durante o período de 10 a 14 de junho. A maioria das ocorrências foi por embriaguez ao volante (85). Ainda, dois veículos foram recuperados e oito armas de fogo apreendidas.

O delegado regional Tarcísio Tenório considerou a festa tranquila, levando em conta a dimensão do público – de acordo com a SSP, foram aproximadamente 70 mil pessoas presentes nos três dias de festa.

“A Festa dos Caminhoneiros de 2022 registrou mais um recorde de público. Apesar do grande número de pessoas que vieram prestigiar o evento, consideramos que transcorreu dentro da normalidade. A Polícia Civil manteve equipes atuando na praça de eventos, com uma estrutura montada no local, além da equipe plantonista da delegacia”, disse. 

O tenente-coronel Sidney Barbosa, comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar (3º BPM), responsável pelo policiamento militar junto ao coronel Ribeiro, afirmou que, tanto os festejos religiosos quanto os comerciais, foram acompanhados pelo policiamento da PM.

“Nos principais dias, 10, 11 e 12 de junho, tivemos um público aproximado de 70 mil pessoas, sendo que na noite do sábado foi necessário demandar o fechamento de portões em determinados horários. Nesse dia foi fundamental o trabalho preventivo de antecipação realizado pela Operação Cidade Segura”, detalhou.

Conforme o comandante do 3º BPM, apesar do público histórico, o volume de ocorrência foi considerado de baixa demanda. “Levando em consideração o público, a aglomeração de pessoas e o grau de periculosidade dos delitos registrados. Assim, a Polícia Militar registra que a festa ocorreu dentro da tranquilidade”, finalizou.

Foto: SSP